terça-feira, 23 de setembro de 2014

Eu, modo de usar...

Pode invadir ou chegar com delicadeza, mas não tão devagar que me faça dormir. 
Não grite comigo, tenho o péssimo hábito de revidar. 
Acordo pela manhã com ótimo humor mas ... permita que eu escove os dentes primeiro. 
Toque muito em mim, principalmente nos cabelos e minta sobre minha nocauteante beleza. 
Tenho vida própria, me faça sentir saudades, conte algumas coisas que me façam rir, mas não conte piadas e nem seja preconceituoso, não perca tempo, cultivando este tipo de herança de seus pais. 
Viaje antes de me conhecer, sofra antes de mim para reconhecer-me um porto, um albergue da juventude. 
Eu saio em conta, você não gastará muito comigo. 
Acredite nas verdades que digo e também nas mentiras, elas serão raras e sempre por uma boa causa. Respeite meu choro, me deixe sozinha, só volte quando eu chamar e, não me obedeça sempre, que eu também gosto de ser contrariada. ( Então fique comigo quando eu chorar, combinado?). 
Seja mais forte que eu e menos altruísta! 
Não se vista tão bem... gosto de camisa para fora da calça, gosto de braços, gosto de pernas e muito de pescoço. 
Reverenciarei tudo em você que estiver a meu gosto: boca, cabelos, os pelos do peito e um joelho esfolado, você tem que se esfolar as vezes, mesmo na sua idade. 
Leia, escolha seus próprios livros, releia-os. 
Odeie a vida doméstica e os agitos noturnos. 
Seja um pouco caseiro e um pouco da vida, não de boate que isto é coisa de gente triste. 
Não seja escravo da televisão, nem xiita contra. 
Nem escravo meu, nem filho meu, nem meu pai. 
Escolha um papel para você que ainda não tenha sido preenchido e o invente muitas vezes.

Me enlouqueça uma vez por mês mas, me faça uma louca boa, uma louca que ache graça em tudo que rime com louca: loba, boba, rouca, boca ... 

Goste de música e de sexo. 
Goste de um esporte não muito banal. 
Não invente de querer muitos filhos, me carregar pra missa, apresentar sua família... isso a gente vê depois ... se calhar ... 
Deixa eu dirigir o seu carro, que você adora. 
Quero ver você nervoso, inquieto, olhe para outras mulheres, tenha amigos e digam muitas bobagens juntos. Não me conte seus segredos ... me faça massagem nas costas. 
Não fume, beba, chore, eleja algumas contravenções. 
Me rapte! Se nada disso funcionar ... experimente me amar!

Martha Medeiros

domingo, 21 de setembro de 2014

Sou autêntica

Sou chata, mas sei que sou a mais doce e amável das criaturas 
quando compreendida e aceita à minha maneira! 
Sou louca, mas dentro de toda loucura tem uma certa razão de ser!!! 
Sou intensa, esse negócio de gente "morna" boazinha, simpática, 
queridinha de todos nunca me convenceu!! 
Sou quente ou fria!!! 
Não faço média com ninguém não preciso disso, 
se quiser gostar de mim goste caso contrário vaza, 
não fico na dependência de ser queridinha de absolutamente ninguém, 
visto que isso eu não consegui nunca desde bebê nem dos meus pais... 
Portanto o resto é o resto! 
E quem precisa de resto pra viver???? 
Eu que não sou!!!! 

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Quando me for...


Se eu morrer antes de você, faça-me um favor. 

Chore o quanto quiser, mas não brigue com Deus por Ele haver me levado. 
Se não quiser chorar, não chore. 
Se não conseguir chorar, não se preocupe. 
Se tiver vontade de rir, ria. 
Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão. 
Se me elogiarem demais, corrija o exagero. 
Se me criticarem demais, defenda-me. 
Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam. 
Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo. 
Se falarem mais de mim do que de Jesus Cristo, chame a atenção deles. 
Se sentir saudade e quiser falar comigo, fale com Jesus e eu ouvirei. 
Espero estar com Ele o suficiente para continuar sendo útil a você, lá onde estiver. 
E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase: 
' Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis mais perto de Deus !' Aí, então derrame uma lágrima. 
Eu não estarei presente para enxuga-la, mas não faz mal. 
Outros amigos farão isso no meu lugar. 
E, vendo-me bem substituído, irei cuidar de minha nova tarefa no céu. 
Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha na direção de Deus. 
Você não me verá, mas eu ficaria muito feliz vendo você olhar para Ele. 
E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí, sem nenhum véu a separar a gente, vamos viver, em Deus, a amizade que aqui nos preparou para Ele. 
Você acredita nessas coisas? Sim??? Então ore para que nós dois vivamos como quem sabe que vai morrer um dia, e que morramos como quem soube viver direito. 
Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo. 
Eu não vou estranhar o céu . . . Sabe porque? 
Porque... Ser seu amigo já é um pedaço dele !

Vinicius de Moraes

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Casa Arrumada

Casa arrumada é assim:

Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, 
que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia. 
Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.

Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.

Carlos Drummond de Andrade

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Força e Coragem

É preciso ter força para ser firme,
mas é preciso coragem para ser gentil. 

É preciso ter força para se defender,
mas é preciso coragem para baixar a guarda.
É preciso ter força para ganhar uma guerra,
mas é preciso coragem para se render.
É preciso ter força para estar certo,
mas é preciso coragem para ter dúvida.
É preciso ter força para manter-se em forma,
mas é preciso coragem para ficar em pé.
É preciso ter força para sentir a dor de um amigo,
mas é preciso coragem para sentir as próprias dores.
É preciso ter força para esconder os próprios males,
mas é preciso coragem para demonstrá-los.
É preciso ter força para suportar o abuso,
mas é preciso coragem para faze-lo parar.
É preciso ter força para ficar sozinho,
mas é preciso coragem para pedir apoio.
É preciso ter força para amar,
mas é preciso coragem para ser amado.
É preciso ter força para sobreviver,
mas é preciso coragem para viver.

Se você sente que lhe faltam a força e a coragem,
queira Deus que o mundo possa abraçá-lo hoje com seu calor e Amor !
E que o vento possa levar-lhe uma voz que lhe diz que há um Amigo, em algum lugar do Mundo, desejando que você esteja bem e que, acima de tudo, seja muito feliz!!!

Silvia Schmidt

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Receita de casa

Uma casa deve ter varandas para sonhar,
cantos confortáveis para chorar,
salas bonitas para os amigos bem receber,
cantos para os segredos desabafar,
para as confidências, e para o bem amar.

Uma casa precisa um ninho ser,
pois o amor precisa de espaço pra crescer,
de alguns empurrões pra saltar e voar,
muita liberdade para querer ficar,
alguns espaços para conceber e procriar,
jardins para a alegria plantar.

Uma casa precisa de muito amor,
cuidados para não ter medo de alguém partir,
um pouco de ciúmes pra proteger,
amizade para o companheirismo perdurar,
o dom de sempre surpreender,
e enfeitiçar sempre para durar.

Uma casa precisa ser um bom e doce lar,
com muita cumplicidade a esbanjar,
união e somatório pra ter sempre o que dar,
família grande pra ter a vida sempre a se doar,
um grande amor - lógico - pra nos realizar."


Intertexto de “Receita de Casa” de Lia Luft
Via EcoCasa Portuguesa

terça-feira, 9 de setembro de 2014

A Lenda do Colar

i certa vez uma lenda, que não sei quem escreveu, mas que me fez muito bem. Dizia que um rei tinha dado à sua filha, a princesa, um belo colar de diamantes. Mas o colar foi roubado e as pessoas do reino procuraram por toda a parte sem conseguir encontrá-lo. Alguém havia dito ao rei que seria impossível encontrá-lo, porque um pássaro o teria levado fascinado por seu brilho. O rei, desesperado, então ofereceu uma grande recompensa para quem o encontrasse.
Um dia, um rapaz caminhava de volta para casa ao longo de um lago sujo e mal cheiroso. Enquanto andava, o rapaz viu algo brilhar no lago e quando olhou viu o colar de diamantes. Tentou pegá-lo, pôs sua mão no lago imundo e agarrou o colar, mas não conseguiu segurá-lo, o perdeu. No entanto, o colar continuava lá no mesmo lugar, imóvel. Então, desta vez ele entrou no lago, mesmo sujo, e afundou seu braço inteiro para pegar o colar; mas não conseguiu de novo, o colar escapava-lhe.
Saiu, sentou e pensou de ir embora, sentindo-se deprimido. Mas, de novo ele viu o colar brilhando. Decidiu agora mergulhar no lago, embora fosse sujo. Seu corpo ficou todo sujo, mas ainda assim não conseguiu pegar o colar.

Ficou realmente aturdido e saiu, sentou-se às margens do lago, pensativo... que mistério!

Um velho que passava por ali o viu angustiado, e perguntou-lhe o que estava havendo. O rapaz não quis contar para o velho com medo de perder a recompensa do rei. Mas o velho pediu ao rapaz que lhe contasse qual o problema, e prometeu que não contaria nada para ninguém e não o atrapalharia em nada.

O rapaz, dando o colar por perdido, decidiu contar ao velho. Contou tudo sobre o colar e como ele tentou pegá-lo, mas fracassando. O velho então lhe disse que talvez ele devesse “olhar para cima”, em direção aos galhos da árvore, em vez de olhar para o lago imundo. O rapaz olhou para cima e, para sua surpresa, o colar estava pendurado no galho de uma árvore. Tinha o tempo todo, tentado capturar um simples reflexo do colar...

A felicidade material é como este colar brilhante no lago deste mundo; pois é um mero reflexo da felicidade verdadeira do mundo espiritual. É melhor “olhar para cima”, em direção a Deus, que é a fonte da felicidade real, do que ficar perseguindo o reflexo desta felicidade no mundo material. A felicidade espiritual é a única coisa que pode nos satisfazer completamente.

Não é o que diz o Salmista?

“O homem passa como uma sombra, é em vão que ele se agita; amontoa sem saber quem recolherá” (Sl 38,7)
Prof. Felipe Aquino
Fonte: via facebook por 
Aída Bernardes


terça-feira, 2 de setembro de 2014

Oracão Serenidade

Deus, dai-me a serenidade para aceitar as coisas que eu não posso mudar, 
coragem para mudar as coisas que eu possa, 
sabedoria para que eu saiba a diferença: 
vivendo um dia a cada vez, 
aproveitando um momento de cada vez; 
aceitando as dificuldades como um caminho para a paz; 
indagando, como fez Jesus, a este mundo pecador, não como eu teria feito; 
aceitando que o Senhor tornaria tudo correto se eu me submetesse à sua vontade 
para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida e 
extremamente feliz com o Senhor para sempre no futuro. 
Amém.

sábado, 30 de agosto de 2014

Nossa casa, melhor lugar do mundo!

Onde nutrimos as nossas relações familiares, recarregamos as energias, para voltar para o mundo. 
Por isso é tão importante criar este lugar, como nosso refúgio pessoal.
Pense em três revigorantes R's, que podem inspirar você a revitalizar a casa este ano!

REPENSAR: 
Existe uma maneira melhor, para usar o espaço que você tem?  
Nem sempre precisamos de um lugar maior. 
Só precisamos repensar o espaço que a gente já tem e, em seguida, criar uma casa que funciona para família.

RENOVAR:
Renovar a casa não precisa ser caro ou que necessite de habilidades especiais. 
Projetos simples, estilo faça você mesmo, podem ser feitos num fim de semana!
Como estampar almofadas ou criar arte em pedras.

REORGANIZAR:
Se um sistema (ou a falta dele!) não  funciona, ou causa estresse, é hora de reorganizar!
Eu resolvi problemas em nossa casa, com caixas estilosascabide na paredeacessórios bordados e pastas coloridas, desenhos nas paredes.
Melhor organização significa menos estresse, o que gera mais tranquilidade, paz e energia!
Quais são as maneiras que você usar para renovar a energia criativa da casa?

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Nunca deixe ninguém te dizer que não pode fazer alguma coisa! 
Se você tem um sonho tem que correr atrás dele. 
As pessoas não conseguem vencer e dizem que você não vai vencer. 
Se você quer uma coisa corra atrás e PONTO!"

 "A procura da felicidade"

A dor que dói mais

Trancar o dedo numa porta dói. 
Bater com o queixo no chão dói. 
Torcer o tornozelo dói. 
Um tapa, um soco, um pontapé, doem. 
Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. 
Mas o que mais dói é saudade.

Saudade de um irmão que mora longe. 
Saudade de uma cachoeira da infância. 
Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. 
Saudade do pai que já morreu. 
Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. 
Saudade de uma cidade. 
Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. 
Doem essas saudades todas.
Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. 
Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. 
Saudade da presença, e até da ausência consentida. 
Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. 
Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. 
Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã. 
Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.

Saudade é não saber. 
Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. 
Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. 
Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. 
Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. 
Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.

Saudade é não saber. 
Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber. 
Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.

Martha Medeiros

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Mulheres mais velhas são diretas e honestas.
Elas te dirão na cara se você for um idiota,
caso esteja agindo como um!
Você nunca precisa se preocupar onde se encaixa na vida dela.
Basta agir como homem e o resto deixe que ela faça...
Sim, nós admiramos as mulheres com mais de 30 anos!
Infelizmente isso não é recíproco, pois para cada mulher com mais de 30 anos, 
estonteante, bonita, bem apanhada, sexy e resolvida,
há um homem com mais de 30, careca, pançudo em bermudões amarelos,
bancando o bobo para uma garota de 19 anos...
Senhoras, eu peço desculpas por eles: não sabem o que fazem!
Para todos os homens que dizem: 
Por que comprar a vaca, se você pode beber o leite de graça?
Aqui está a novidade para vocês:
Hoje em dia 80% das mulheres são contra o casamento e sabem por quê?
Porque as mulheres perceberam que não vale a pena comprar 
o porco inteiro só pra ter a linguiça!

(Arnaldo Jabor)

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Vocação

"Se você ainda não sabe qual é a sua verdadeira vocação, imagine a seguinte cena: Você está olhando pela janela, não há nada de especial no céu, somente algumas nuvens aqui e ali.
Aí chega alguém que também não tem nada para fazer e pergunta:
- Será que vai chover hoje?
Se você responder "com certeza"... a sua área é VENDAS:
O pessoal de Vendas é o único que sempre tem certeza de tudo.
Se a resposta for "sei lá, estou pensando em outra coisa"... então a sua aérea é MARKETING:
O pessoal de Marketing está sempre pensando no que os outros não estão pensando.
Se você responder "sim, há uma boa probabilidade"... você é da área de ENGENHARIA:
O pessoal da Engenharia está sempre disposto a transformar o universo em números.
Se a resposta for "depende"... você nasceu para RECURSOS HUMANOS:
Uma área em que qualquer fato sempre estará na dependência de outros fatos
Se você responder "ah, a meteorologia diz que não"... você é da área de CONTABILIDADE:
O pessoal da Contabilidade sempre confia mais nos dados no que nos próprios olhos.
Se a resposta for "sei lá, mas por via das dúvidas eu trouxe um guarda-chuvas":
Então seu lugar é na área FINANCEIRA que deve estar sempre bem preparada para qualquer virada de tempo.
Agora, se você responder "NÃO SEI"...
há uma boa chance que você tenha uma carreira de sucesso e acabe chegando a diretoria da empresa.
De cada 100 pessoas, só uma tem a coragem de responder "não sei" quando não sabe.
Os outros 99 sempre acham que precisam ter uma resposta pronta, seja ela qual for, para qualquer situação.
"Não sei" é sempre uma resposta que economiza o tempo de todo mundo, e pré-dispõe os envolvidos a conseguir dados mais concretos antes de tomar uma decisão.
Parece simples, mas responder "não sei" é uma das coisas mais difíceis de se aprender na vida corporativa.
Por quê?
Eu sinceramente "não sei".
Antonio Ermírio de Moraes - Revista Exame
(via facebook, por Daniel Godri)

Nota: Eu Não Sei... lembra Beatriz? sempre te falo, não me responda qualquer coisa, simplesmente diga: eu não sei... pra mim sempre foi tão fácil dizer eu não sei, e sair pra procurar respostas... nem sei viver de outra maneira...rs

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Praticando Desapego

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final.
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário,
Perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver...

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira...

Desapegar-se, é renovar votos de esperança de si mesmo,
É dar-se uma nova oportunidade de construir uma nova história melhor.
Liberte-se de tudo aquilo que não tem te feito bem...

(desconheço o autor)

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Acordar

Acordar do seu lado é.......................
Perceber que a vida real é incomparável com tudo que sonhamos,
Dormir feliz, agradecer a Deus pela sua existência e poder sonhar,
Sonhar com a alegria e a felicidade que a mim fora por Deus preparada,
Poder admirar a lua cheia e ao seu lado e as estrelas a brilhar,
Ao fechar os olhos poder entender que este sonho jamais irá terminar,
Poder observar que entre os meus tesouros, és uma jóia sempre a brilhar,
E que eu possa ver o nascer do sol e o encanto do luar, tudo apenas no teu olhar,
Enfim, acordar do seu lado é...
Saber que não preciso sonhar para contigo estar. 

José Romildo Duarte

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Não julgue...

Um jovem de 24 anos, olhando pela janela de um trem, gritou:
-Pai, olhe as árvores andando para trás!
O pai sorriu e um casal que estava sentando próximo a eles olhou para o comportamento infantil do rapaz de 24 anos com piedade.
De repente, o rapaz novamente exclamou:
-Pai, veja as nuvens correndo com a gente!
O casal não resistiu.
Eles pensaram que o rapaz era mentalmente deficiente e disseram para o velho:
-Por que você não o leva a um bom médico?
O velho sorriu e disse:
-Eu fiz isso, e acabamos de sair do hospital. 
-Meu filho era cego de nascença e acabou de ganhar estes olhos hoje...

Dica: pare e pense quantas vezes julgamos o que não sabemos....

(desconheço o autor)

Viva...

Procure seus “desaparecidos”, resgate seus afetos.
Aprenda com quem tiver algo a ensinar, 
e ensine algo àqueles que estão engessados em suas teses de certo e errado. 
Troque experiências, troque risadas, troque carícias. 
Não é preciso chegar num momento limite para se dar conta disso. 
O enfrentamento das pequenas mortes que nos acontecem em vida já é o empurrão necessário.
Morremos um pouco todos os dias, e todos os dias devemos procurar um final bonito antes de partir.



Martha Medeiros

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Casa arrumada




Casa arrumada é assim: Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.


Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não centro cirúrgico, um cenário de novela. 
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas... 
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida...

Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar. 
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha. 
Sofá sem mancha? Tapete sem fio puxado? Mesa sem marca de copo? Tá na cara que é casa sem festa. 
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.

Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde. 
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto...

Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda. 
A que está sempre pronta pros amigos, filhos... Netos, pros vizinhos... 
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.

Arrume a casa todos os dias... 
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo para viver nela... 
E reconhecer nela o seu lugar.

[Carlos Drummond de Andrade]

Minha casa é exatamente assim... cheia de vida, cheia de alegrias, cheia de histórias bonitas, alegres, tristes... cheia de energia positiva pra distribuir...
Amo minha casa, porque eu tenho um lar!

quinta-feira, 15 de maio de 2014

20 Coisas que não te contaram antes de você ter um filho

 

1) Não sonhe que você vai vestir seu jeans 38 saindo da maternidade. 
Sai o nenê, mas a barriga fica. 
Uma barriga tipo de 6 meses...

2) Seu corpo demora 12 meses pra voltar mais ou menos o que era antes, a não ser que você seja prima da Gisele Bundchen.

3) Você sabia que você fica menstruada quase UM mês depois do parto? 
Eu não sabia...

4) Cesárea é uma cirurgia e você precisa sim de ajuda ao chegar em casa. Deixe a galera ajudar!

5) O seu pé vai crescer. 1 número! (Inacreditavel! Os meus cresceram de 33 para 37! Nada de comprar calçados novos durante a gravidez, você jamais vai usá-los).

6) Seu cabelo vai cair e depois vai nascer uma franjinha. kkkkkkk

7) Você não mais vai dormir como já dormiu um dia… Isso é real para algumas mães e pais, no meu caso minha filha sempre dormiu mais que eu, se é que isso é possível...

8 ) Seu peito é pequeno? Espera pra ver depois de amamentar. Ficará ainda menor...

9) Se for cesárea você vai perder a sensibilidade na região do corte, se o seu médico for um fofo como o meu (Dr.Edson de Souza Freitas), você nunca mais verá sua cicatriz a partir de 6 meses, a menos que procure com muita vontade.

10) Marque dia e hora pra namorar o seu marido. 
Ou melhor, para pelo menos conversar. Aaaa! Não se assuste! Bye bye libido por uns tempos… Acontece com mais de 80% das mulheres (explica beeeem pra ele!).

11) Enfermeira: Bom, se você já sofre com empregada… Se prepara!

12) Por mais que o seu pediatra não deixe você irá recorrer a chupeta, porém se seu filho(a) for esperto(a) como minha Bia, ele(a) jamais se renderá a essa tentação sem sentido.

13) Amamentar é lindo, ótimo e muito prático! Mas o mamilo fica dolorido. 
Não desista, tem uma luz no fim do túnel, juro! (Protetor de mamilos)

14) Você vai chorar muito (parte 1) depois que seu primeiro filho nascer: De alegria e preocupação! Mais de alegria que de preocupação, o primeiro riso (espasmo) você vai chorar, a primeira gargalhada, você vai chorar, a primeira vez que sentar, que balbuciar alguma coisa, ou qualquer coisa que fizer, saiba: VOCÊ VAI CHORAR...

15) A segunda ou terceira gravidez serão mais tranquilas. Será??? Essa eu não sei, e sinceramente, acho que não preciso saber... kkkkkk

16) Você demora um tempo pra se entender como mãe, ok? Não fique preocupada, calma! É muito sentimento novo junto! É uma mistura difícil de quem sempre se viu como filha, ter que se ver como mãe.

18) Você vai ter muito medo de dar o primeiro banho sozinha. Tome coragem, o bebê É SEU! E com certeza você se sairá muito bem, essa eu sei, eu dei o primeiro banho na minha filha, e nunca quis ajuda para isso, era a parte mais gostosa junto com amamentar...

19) Você nunca pensou que iria dizer: "Mãe eu te entendo..."

20) Você nunca imaginou que poderia existir um AMOR tão forte, tão intenso e tão gigante como é o amor que você sente pelo seu bebê. 
Como é que você existiu esses anos sem ter esse bebê? Por isso a gente esquece TODOS esses 19 itens acima e tem outro filho, outro, outro… ah, se eu pudesse ter vários...


Ter um filho é algo tão lindo, tão gratificante, mas eu penso que só deve ter quem realmente quer, quem realmente pode se dedicar a educar e formar um cidadão, caso contrário deveria ser proibido por Lei, de Deus claro, porque a do homem ninguém respeita mesmo...

Ser mãe foi a melhor escolha da minha vida!
Bia Eu Te Amo!!!

quarta-feira, 30 de abril de 2014

A Flor e a Borboleta

Certa vez um homem pediu a Deus uma flor e uma borboleta.
Mas Deus lhe deu um cacto e uma lagarta.
O Homem ficou triste, pois não entendeu o porquê de o seu pedido vir errado.
Daí pensou... Também com tanta gente pra entender...
E resolveu não questionar.
Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixara esquecido
Para sua surpresa, do espinhoso e feio cacto havia nascido a mais bela das flores.
E a horrível lagarta transformara-se em uma belíssima borboleta.
Deus sempre age certo.
O seu caminho é o melhor, mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado.
Se você pediu a Deus uma coisa e recebeu outra, confie.
Tenha a certeza de que Ele sempre dá o que você precisa, no momento certo.
Nem sempre o que você deseja... é o que você precisa.
Como Ele nunca erra na entrega de seus pedidos, siga em frente sem murmurar ou duvidar.
O espinho de hoje... Será a flor de amanhã!
(desconheço o autor)

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Justificando...

Pessoas lindas do meu coração... me retirei por um tempo do blog por motivo de força maior.
Me casei dia 19 de abril, com este homen lindo da foto... kkkk
Os preparativos tomaram muito do meu tempo, mas estou de volta, a partir de segunda feira, voltarei com força total, energia renovada e muita alegria...
Bjos no coração de vocês...

segunda-feira, 3 de março de 2014

Lição de Vida

Certo dia, uma mulher avistou um mendigo, sentado numa calçada na rua..
Aproximou-se dele, e como o pobre coitado, já estava acostumado a ser chacoteado por todos, a ignorou..
Um policia, observando a cena , aproximou-se :
- Ele está incomodando a senhora?
Ela respondeu:
- De modo algum - eu é que estou tentando levá-lo até aquele restaurante, pois vejo que está com fome e até sem forças para se levantar.
O senhor ajuda-me a levá-lo até ao restaurante?
Rapidamente, o policial a ajudou, e o pobre homem, mesmo assim, não querendo ir, pois, não acreditava que isso estava acontecendo!
Chegando ao restaurante, o garçom, que foi atendê-los, disse sem pestanejar :
- Desculpe senhora, mas ele não pode ficar aqui...
- Vai afastar os meus clientes!!!
A mulher abaixou e levantou os olhos e disse:
- Sabe aquela enorme empresa ali em frente? Três vezes por semana, os diretores de lá juntamente com clientes, vêm fazer reuniões neste restaurante, e sei que o dinheiro que deixam aqui, é o que mantém este restaurante.
Pois é, eu sou a proprietária daquela empresa, posso fazer a refeição aqui, com o meu amigo... ou não?
O garçom fez um gesto positivo com a cabeça, o policial que estava de longe observando ficou boquiaberto, e o pobre homem, deixou cair nesse momento, uma lágrima de seus sofridos olhos.
Quando o garçom, se afastou, o homem perguntou:
- Obrigado senhora, mas não entendo esse gesto de bondade.
Ela segurou nas suas mãos , e disse :
- Não se lembra de mim, João ?
- Me parece familiar - respondeu - mas não me lembro de onde.
Ela, com lágrimas nos olhos, disse:
- Há algum tempo atrás, eu recém formada, vim para esta cidade... Sem nenhum dinheiro no bolso... Estava com muita fome... Sentei-me naquela praça, aqui em frente, por que tinha uma entrevista de emprego naquela empresa, que hoje é minha.
Quando se aproximou de mim, um homem, com um olhar generoso. Lembra-se agora João?
Ele, em lágrimas, afirmou que sim.
- Na época , o senhor trabalhava aqui. Naquele dia, fiz a melhor refeição da minha vida, pois estava com muita fome, e até sem forças.
Toda hora, eu olhava para o senhor, pois estava com medo de prejudicá-lo , pois estava ali comendo de graça.
Foi quando ví, o senhor tirar dinheiro do seu bolso e colocar na caixa do restaurante.
Fiquei mais aliviada. E sabia que um dia poderia retribuir.
Alimentei-me, fui com mais forças para a minha entrevista.
Na época, a empresa ainda era pequena... Passei na entrevista, especializei-me, ganhei muito dinheiro, acabei comprando algumas acções da empresa, e com o passar do tempo, fiquei a proprietária, e fiz a empresa ser o que ela é hoje.

Procurei pelo senhor, mas nunca o encontrei... Até que hoje, o vi nessa situação.
Hoje, o senhor não dorme mais na rua! Vai comigo para a minha casa...
Amanhã, compraremos roupas novas, e o senhor vai trabalhar comigo!
Se abraçaram, chorando.
O policial, o garçom e as demais pessoas, que viram essa cena, emocionaram-se diante da grande Lição de vida, que tinham acabado de presenciar!!!

MORAL DA HISTÓRIA:
Hoje sou eu a precisar . . . amanhã pode ser você!
Faz sempre o BEM... Um dia ele retornará em dobro para Ti !

(desconheço o autor)

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

A Caridade está no comportamento também...


Em um brechó de um hospital, uma voluntária conta...

Certo dia adentrou na loja uma certa "senhora bastante obesa", e de cara a minha amiga pensou que não tinha nada na loja na numeração dela.
Se sentiu apreensiva e constrangida naquela situação, vendo a senhora percorrer as araras em busca de algo que minha amiga sabia que ela não encontraria.
Ficou angustiada, porque não queria que a senhora se sentisse mal pelo tamanho das peças de roupas, se sentindo excluída e fazendo a questão sobre o seu sobrepeso vir à tona de forma implícita.

Naquele momento minha amiga orou a Deus e pediu que lhe desse sabedoria para conduzir a situação evitando que a cliente se sentisse excluída ou humilhada na sua autoestima.
Foi quando o esperado aconteceu. A senhora se dirigiu à minha amiga e disse tristinha:
"É... não tem nada grande, não é?
E a minha amiga, sem até aquele momento saber o que diria, simplesmente abriu os braços de uma ponta a outra e lhe respondeu:
"Quem disse??? Claro que tem!! Olha só o tamanho desse abraço! - E a abraçou com muito carinho.
A senhora então se entregou àquele abraço acolhedor e deixou-se tomar pelas lágrimas exclamando:"Há quanto tempo que ninguém me dava um abraço."
E chorando, tal qual uma criança a procura de um colo, lhe disse:"Não encontrei o que vim buscar, mas encontrei muito mais do que procurava".
E naquele momento, através dos braços calorosos de minha amiga, Deus afagou a alma daquela criatura, tão carente de amor e de carinho.
Quantas almas não se encontram também tão necessitadas de um simples abraço, de uma palavra de carinho, de um gesto de amor.
Será que dentro de nós, se procurarmos no nosso baú, lá nas prateleiras da nossa alma, no estoque do nosso coração, também não acharemos algo "grande" que sirva para alguém?

Um grande abraço, tamanho GG pra você!


(desconheço o autor)